Classificação e tipos de obesidade

A obesidade é uma doença crônica caracterizada pelo excesso de peso e acúmulo de gordura no corpo, que traz uma série de doenças associadas que interferem na qualidade de vida do obeso. O número de pessoas obesas tem crescido rapidamente, tornando a doença um problema de saúde pública.


A doença pode ser classificada pelo índice de massa corpórea (IMC), que é um cálculo que analisa o peso que a pessoa apresenta em relação à sua altura, sendo dividido em diferentes graus:

- Peso normal: IMC entre 18.0 a 24,9 kg/m2 - Sobrepeso: IMC entre 25.0 a 29,9 kg/m2 - Obesidade grau 1: IMC entre 30.0 – 34.9 kg/m2; - Obesidade grau 2: IMC entre 35.0 – 39.9 kg/m2; - Obesidade grau 3 ou obesidade mórbida: IMC igual ou superior 40 kg/m2.


Obesidade em Homens. Fonte: ABESO

A obesidade também varia de acordo com a localização e distribuição da gordura pelo corpo. Veja os tipos:

1. Obesidade abdominal: a gordura se deposita principalmente no abdômen e na cintura, podendo também se distribuir pelo peito e rosto. Também conhecida como obesidade andróide ou obesidade em forma de maçã, devido à semelhança da silhueta da pessoa com a fruta e é mais comum em homens, embora algumas mulheres também possam ter. Este tipo está muito associado ao risco para desenvolver outras doenças cardiovasculares como colesterol alto, doenças cardíacas, infarto, além de diabetes, inflamações e trombose.


2. Obesidade periférica: mais comum em mulheres, na qual a gordura se localiza mais nas coxas, quadris e nádegas, e é conhecido como obesidade em pera, devido ao formato da silhueta. A obesidade periférica é mais associada a problemas circulatórios, como insuficiência venosa e varizes, e osteoartrite nos joelhos, devido à sobrecarga do peso nestas articulações, apesar de também aumentar o risco de doenças cardíacas e diabetes.

3. Obesidade homogênea: não há uma predominância da gordura em uma área localizada, pois a gordura se localiza tanto na região abdominal quanto nas regiões dos membros posteriores e inferiores.



Lembrando que para que o paciente obeso possa ser tratado ou, antes disso, para que a obesidade ou mesmo o sobrepeso possam ser prevenidos, o estado do peso do paciente precisa ser reconhecido. Um profissional deve avaliar a condição do peso do paciente para determinar a presença de excesso de peso ou obesidade e a necessidade de aprofundar a avaliação e o tratamento. Conte com os profissionais da Clínica Cirúrgica Gil!


Para mais informações, entre em contato.


📍 Estamos localizados na Rua Pará, 1324 - Centro - Catanduva/SP.


📞Telefone: (17) 3522-1369.


📱 Whatsapp: (17) 99683-8603

24 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo