top of page

Problemas intestinais em crianças Quando procurar um especialista?

Atualizado: 15 de jul. de 2022

As crianças, seja qual for a idade, poderam apresentar alguns sintomas como diarreia, prisão de ventre e dores na barriga ou cólicas, que geralmente estão ligados a resposta do organismo para indicar que algum alimento não foi bem aceito, ou ainda estarem relacionados com alterações emocionais.


As emoções e sentimentos também podem causar manifestações clínicas no trato gastrointestinal. Existem casos em que a criança fica com o intestino solto por conta de alguma fase nova que esteja ocorrendo na vida dela, uma reação emocional do próprio corpo ao lidar com mudanças.


Se estes sintomas forem passageiros, com duração de poucos dias, basta acompanhar a evolução do quadro, adaptando uma dieta mais leve e com bastante hidratação. Caso os sintomas de intestino solto/ preso e dor na barriga se tornem persistentes e recorrentes, é hora de buscar ajuda médica especializada para entender o que está ocorrendo, pois podem significar desordens gastrointestinais funcionais ou doenças orgânicas que somente a avaliação médica poderá diagnosticar.


O desafio dos pais é fornecer informações que ajudem o médico a distinguir doenças graves de não graves e, em alguns casos, ajudar os filhos a se adaptarem a doenças crônicas que necessitam de assistência médica praticamente constante.


Prevenção


A prevenção de problemas gastrointestinais nos pequenos inclui hábitos alimentares saudáveis, que devem ser iniciados desde cedo, evitando o excesso de alimentos não nutritivos, como frituras, balas, doces, refrigerantes e salgadinhos e ultraprocessados em geral, que comprometem o bom funcionamento do trato gastrointestinal. Ensinar a importância da hidratatação e do exercício físico também são lições valiosas que contribuem para o bom funcionamento do organismo como um todo.


6 visualizações0 comentário
bottom of page